A primeira evidência de que o canabidiol (CBD) poderia ter efeitos antipsicóticos foi obtida num estudo iterativo feito às propriedades do canabidiol (CBD) em voluntários saudáveis publicados em 1982. Este estudo demonstrou que o canabidiol (CBD) poderia inibir as mudanças subjetivas induzidas por THC que se assemelhavam a sintomas de doenças psicóticas como: pensamento desconectado, perturbação, despersonalização e resistência à comunicação.

CBD antipsicótico

CBD como antipsicótico

Descoberta do Potêncial Antipsicótico do CBD

A primeira evidência de que o (canabidiol) CBD Antipsicótico poderia ter efeitos antipsicóticos foi obtida num estudo interativo feito às propriedades do canabidiol (CBD) Antipsicótico  em voluntários saudáveis publicados em 1982. Este estudo demonstrou que o canabidiol (CBD) poderia inibir as mudanças subjetivas induzidas por THC que se assemelhavam a sintomas de doenças psicóticas como: pensamento desconectado, perturbação, despersonalização e resistência à comunicação.

Efeitos Antipsicóticos Semelhantes a Fármacos

Um estudo feito por Zuardi demonstrou que o canabidiol (CBD), constituinte do Óleo de CBD, reage de uma forma bastante ativa em animais sujeitos a atividade antipsicótica. Neste estudo, o canabidiol (CBD) reduziu a ocorrência de estereótipo induzido pela apomorfina levando ao aumento as doses de apomorfina necessárias para causar esse mesmo comportamento. Os mesmos efeitos foram observados com haloperidol embora em doses muito mais baixas. No entanto, haloperidol causou catalepsia em alta doses, enquanto que canabidiol (CBD) não. O canabidiol (CBD) também revelou ser equivalente à amilsulprida como antipsicótico num estudo efetuado por Zuardi et al.

Ensaios Clínicos Revelam Efeitos Antipsicóticos em Pacientes

Com base nestas experiências pré-clinicas e a falta de toxicidade, foi realizado um ensaio clínico de um único caso: uma mulher de raça negra de 19 anos, foi diagnosticada como esquizofrénica, e foi-lhe administrado CBD (até 1,5 g/ dia ). A melhoria com o canabidiol (CBD) foi observada em todos os itens da Escala de Avaliação Psiquiátrica Breve Padrão (BPRS) e foi essencialmente equivalente à observada com haloperidol. Os autores concluíram que o canabidiol (CBD), constituinte do Óleo de CBD, pode possuir um perfil antipsicótico.

Um grupo alemão visualizou os efeitos da nabilona (medicamento canabinóide sintético com propriedades semelhantes às do THC) e canabidiol (CBD) na inversão da profundidade binocular. Este fenômeno visual é uma ilusão normal da perceção visual e é reduzida em pacientes esquizofrênicos. Enquanto que a nabilona causou comprometimento na inversão da profundidade binocular, o canabidiol (CBD) reduziu esse mesmo comprometimento. Com estes dados, o mesmo grupo administrou canabidiol (CBD) para  pacientes esquizofrênicos. Os resultados preliminares, apresentados, indicam resultados positivos. Como tal questiona-se as diversas potencialidades do canabidiol (CBD), pensando agora se este poderá ser  o novo fármaco anti esquizofrénico.

Mais recentemente, o canabidiol (CBD) Antipsicótico foi administrado a três pacientes esquizofrênicos que não tinham respondido a fármacos antipsicóticos. Uma melhoria parcial foi observada num paciente, e nenhuma melhoria nos outros dois foi notada, o que indica assim que o canabidiol (CBD) tenha pouco efeito em pacientes resistentes para antipsicóticos .

Confirmando a sugestão de estudos de caso, um relatório preliminar de um ensaio clínico de quatro semanas, utilizando um número adequado de pacientes e comparando os efeitos do CBD em psicoses esquizofrênicos e esquizofrênicos agudos, mostrou que o canabidiol (CBD) reduziu significativamente os sintomas psicóticos após 2 semanas de tratamento. Neste ensaio, o canabidiol (CBD) Antipsicótico  não diferiu muito, tendo, no entanto, uma menor incidência de efeitos colaterais. Através destes diversos estudos clínicos e experiências verifica-se  que o canabidiol (CBD) é um tratamento alternativo efetivo, seguro e bem tolerado para pacientes esquizofrênicos.

CBD Antipsicótico

O CBD, constituinte do Óleo de CBD  e substância não psicotrópica,  exibe uma abundância de efeitos, muitos dos quais podem ser de importância terapêutica ou podem servir como pistas para o desenvolvimento farmacêutico.

Texto por Cindy Dias

Texto baseado nos artigos 1 e 2

Comentar